sexta-feira, 10 de abril de 2009

PROJETO MEIO AMBIENTE


Não podemos dizer que comemoramos o "Dia do Meio Ambiente", dia 05/06 pois nada temos que comemorar. Temos sim, é que nos conscientizar que nosso planeta, é também nossa vida, cuidar dele, é indiretamente zelar pelo tipo de vida que queremos levar, no ar que respiramos, nos alimentos que ingerimos, no tipo de ruas que quero transitar. Será que cuidamos de cada detalhe que envolve tudo isto? Não podemos exigir se também não contribuirmos, se jogo no chão um saco de pipoca, um papel do bombom, uma lata de refrigerante, coisas simples, mas que se tornam um dano grandioso para a natureza. Pense nisto, reflita, só depende de cada um de nós.
Pensando nisto, não temos que comemorar e sim AGIR, a Escola Renato P. Condurú, faz um trabalho de conscientização em nossa comunidade, com várias manifestação que iniciaram em Março e se estenderão até o fim do ano. No dia 5 de Junho, aconteceu a segunda etapa do projeto, o cuidado com nosso ambiente escolar.
Assista ao vídeo, e conheça a ideia desenvolvida por 2 professoras de nossa escola.
Mercedes e Elivete, no turno da manhã, turma 6RM01, mas claro que a escola como todo, se envelve neste desejo, o de conscientizar nossa comunidade escolar, várias atividades foram desenvolvidas neste dia 5, abordando este mesmo tema.
video

DIALOGANDO SOCIOLOGIA
Educar é o ato de provocar nos(as) alunos(as) a busca pelo conhecimento através de uma relação de confiança, carinho e respeito, por isso, vê-las, tão meninas, gravidas causa uma mistura de sentimentos que não sei explicar. O fato é que a escola não pode se omitir quando as jovens alunas tornam-se meninas-mães.A gravidez na adolescência é uma constante na rotina escolar; e se acreditamos que é reflexo da desinformação, então a escola é que está desinformada?, pois informadas elas são, afinal, estão numa sociedade globalizada onde estes assuntos circulam em vários meios de comunicação. Por que, então, da gravidez prematura? Meninas inteligentes, com potencial para tornarem-se brilhantes profissionais, tem este futuro comprometido pela ruptura nos planos, gerando um filho, terão, agora outras prioridades imediatas, cuidar de seus filhos..Porém que tipo de mães serão? Terá uma adolescente a estrutura suficiente para educar, ensinar valores, princípios morais, objetivos, regras e até perspectivas?Lembremos “…o mundo que nós vamos deixar para os nossos filhos depende muito do tipo de filho que nós vamos deixar para o mundo…”Mário Sergio Cortello (http://video.google.com/videoplay?docid=666414306773119705)A partir deste contexto, queremos trabalhar o tema,“A gravidez na Adolescência”, e levar nossos (as) alunos (as) a refletirem sobre:: O que leva a gravidez precoce... será....:Falta de acesso aos preservativos? Falta de orientação familiar? Vida sexual precoce? Desinformação sobre a sua sexualidade? Falta de perspectivas para o futuro? Ausência de orientação sexual na escola?... ou outros..?São questionamentos que deverão ser comentados por nossos (as) alunos (as) no Blog Dialogando Sociologia a partir de Abril. . Rosângela Pinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Momentos da Votação

SOMOS MESMO ESPECIAIS